Desculpa.

[Na Prática]
“Desculpa, mas hoje vou ter de te dizer umas verdades.

Coisas que ficaram presas na minha garganta, e não sei bem porquê, não saíram. Ou se saíram, saíram da pior forma, ou talvez nem tenha sido a pior… só uma forma pouco verdadeira. Pouco à vontade, talvez …De alguém que não estava no seu melhor Eu. Alguém que tinha medo.”

Uma das pessoas que Bronnie Ware conheceu, podia ter começado uma conversa importante desta forma. Uma declaração de amor ou desamor, um pedido de esclarecimento ou um esclarecimento de um mal entendido, etc!

Bronnie é uma enfermeira que entrevistou pessoas que estavam prestes a morrer (de uma doença terminal), para saber quais eram os 5 maiores arrependimentos que estas pessoas tinham naquele momento.

Um deles é a coragem para expressar os seus sentimentos. Dizer o que se sente.
Já Brené Brown, a cientista social que estuda o poder da vulnerabilidade, advoga como esta capacidade é essencial para sentirmos que vivemos uma “vida plena”… satisfação na nossa vida.
Se o teu coração falasse, o que diria?
Bem sei que felizmente e muito provavelmente não estás a morrer, para já!! 😉
E mesmo assim, por motivos óbvios, lanço-te um desafio, um tpc* para ti, para nós tod@s:
Diz o que sentes e pensas.
Manifesta a tua verdade. Aquilo que não foi dito e gostarias de ter manifestado… Para que este arrependimento não seja teu, um dia. Para que te sintas cada vez mais plen@.
E antes de o fazeres, respira e fá-lo a partir de um lugar amoroso. Um lugar verdadeiro, onde tu és mesmo tu próprio/a, o teu melhor eu.
Extraordinárias, transparentes e amorosas conversas, é o que te desejamos.
🙂 ❤️
*tpc – trabalho para casa
[BC]
Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s