Sonhei com o meu “Ex”! E agora?

[Na Prática]
Já aconteceu a muitas pessoas, acredito. Tinhas uma relação com alguém, acabou… e passado um tempo começas a sonhar com o teu ex.
O que é que isto quer dizer?
Há diversas teorias sobre os sonhos. De onde eles vêm, o seu significado… recentemente vi um vídeo sobre o assunto que falava de uma série destas.
Então, para de alguma forma te ajudar a desvendar o motivo que te levou a sonhar com o/a teu/tua ex-namorado/a ou ex-marido/mulher, aqui vai um resumo!
Sonhamos para concretizar desejos
Todos nós já ouvimos falar de Freud. Pois, além de ter fama de relacionar tudo com sexo, o que ele na verdade teorizou foi que os nosso sonhos são uma espécie de colagem do que vemos e ouvimos diariamente, e que esta colagem tem sempre a ver com desejos conscientes e/ou inconscientes.
As imagens aparecem muitas vezes como símbolos (daí muitas vezes não fazerem sentido), e a análise consciente dos mesmos pode ajudar a acabar com bloqueios ou traumas.
Sonhamos para nos lembrarmos
Dormir ajuda-nos a aumentar a performance em tarefas mentais, e solucionar problemas. E às vezes as soluções aparecem nos sonhos! Diversos cientistas já encontraram soluções enquanto dormiam. Em 2010 investigadores chegaram à conclusão que as pessoas são muito melhores a resolver um quebra cabeças se fizerem uma sesta e sonharem com o mesmo, antes da segunda tentativa de resolução. Talvez por isto mesmo “o travesseiro seja bom conselheiro”!
Sonhamos para esquecer
Estima-se que há 10.000 biliões de ligações neuronais no nosso cérebro. A “Teoria da Aprendizagem Invertida” diz que especialmente quando estamos em ciclos de sono REM, parte do nosso cérebro passa “em revista” estas ligações e desfaz-se das “desnecessárias”.
Sonhamos para manter o cérebro a funcionar
A “Teoria da ativação contínua” defende que os sonhos são necessários para o processo de criação da memória de longo prazo, e assim permitem que o cérebro continue a funcionar correctamente. Nesta perspectiva, os sonhos funcionam como uma espécie de modo de “Stand by” para o nosso cérebro.
Sonhamos para ensaiar
É normal sonhar com situações perigosas ou ameaçadoras. A “Teoria da simulação do instinto primitivo” diz-nos que estamos a praticar os nossos instintos, como a luta, para mantermos “afinados” os nossos sentidos, no caso de ser necessário.
Sonhamos para curar
Os neurotransmissores de stress não estão tão ativos quando dormimos. Por isso, um possível objetivo dos sonhos é atenuar experiências traumáticas, para que permitam uma cura. Rever acontecimentos traumáticos com menos stress mental pode fornecer uma perspectiva mais clara para os processar de forma psicologicamente mais saudável”.
Sonhamos para solucionar
No mundo dos sonhos, não há moral, não há a pressão das regras sociais, nem lógica. Sem estas limitações, a mente pode criar cenários que solucionam situações/bloqueios, que acordados podíamos nem nos lembrar.
Há mais teorias sobre sonhos e neste momento, não há grandes certezas.  É que a nossa vida ainda é envolta de mistério, e os sonhos fazem parte…
Mas podemos sempre fazer um pequeno exercício.
Se partirmos do pressuposto que o nosso cérebro está sempre a ajudar-nos a viver melhor, o que achas que pode significar teres sonhado com o/a teu/tua “ex.”?

Se foi traumático, talvez estejas a convidar-te a ti próprio/a a olhar para as coisas com outra clareza e alguma distância. Talvez estejas a criar cenários que “arrumem” de vez a situação.

Se foi bom… olha, usufrui!
Porque sonhar faz parte da magia de estar vivo! 🙂
…Bons e amorosos sonhos, é o que te desejamos! ❤
[BC]
Artigo escrito com base no vídeo que podes encontrar neste link!
Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s