Palavras da minh’alma

[Na Prática]

Sempre quis e sonhei casar-me…não por causa do vestido de noiva ou muito menos pela festa que as revistas cor-de-rosa tanto publicitam. Sonhava casar-me para poder celebrar com todas as pessoas que amo a minha história de amor, para reforçar ainda mais o compromisso que tínhamos e que seria materializado num “até que a morte os separe” e claro para ter mais uma memória linda e especial guardada dentro de mim. Então, quando ele me pediu em casamento fiquei genuinamente feliz, o meu sonho ia tornar-se realidade. A passos largos o dia chegou e eu senti a necessidade de dizer algumas palavras à pessoa que amo. As palavras que escrevi, escolheram o seu próprio caminho até ao papel, senti-as, vi-as e cheirei-as…e naquele momento em que as disse, perante ele e perante todos, ganharam Vida Própria.

amor-real-teoria

 

“Se me perguntassem de que é que é feito o nosso amor eu diria que…

É feito de terra, mas também de ar. De terra, porque trazemos connosco um pouco dos diferentes sítios e lugares por onde já passámos e vivemos. De ar, porque temos sonhos e sonhos que não acabam nunca e juntos vamos conseguir alcançar.

É feito de sal, pimenta e açucar. Os ingredientes chave para o nosso amor durar para sempre e para termos uma receita de sucesso.

É feito de muitas cores. Todas as cores do arco-íris, porque temos dentro de nós a paixão pela Vida, pela Natureza, pelas Pessoas… pelo Mundo.

E claro, diria que o nosso amor é feito de algo único e muito especial…que te faz dizer que sou linda quando acordo pela manhã rabugenta e com mau feitio; que te faz olhar para mim todos os dias como se fosse a mulher mais importante e especial do mundo e que nos faz aos dois cuidarmos um do outro e sermos sempre pessoas melhores.

Por tudo isto, prometo Amar-te de Coração e Alma…por eu sou assim feita de Alma!”

 Lembro-me da expressão dele e de cada pessoa quando proferi cada palavra, cada ponto e cada suspiro e sei que vai permanecer nas suas memórias para sempre.

Para mim, o Amor em toda a sua plenitude é Isto.

É algo que se vê, que se sente, que se cheira, que se vive e que até se transpira, e é traduzido em gestos como este, que em si encerram um pequeno grande Mundo emaranhado de Nós.

É tal e qual o Sol, está sempre presente em todas as estações do ano, numa mais suave e radiante, noutra mais quente e sufocante e em algumas até um pouco frio e distante…mas está sempre lá!

Luciana Marques

Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s