6 meses de puro Amor

[Na Prática]

amor-teoria-6mesesPoderia haver mais na prática do que a dedicação diária a alguma coisa que nos enche o coração? 🙂
Faz exactamente hoje 6 meses que lançamos no Mundo um dos projectos que nos deixa no mais constante estado amoroso de que nos lembramos: o Amor em Teoria.

O Amor que nutrimos por este blogue é um reflexo directo da vida que vemos ser vivida e que também nós vivemos. O Amor está lá, é permanente, faz com que os nossos olhos brilhem na maior parte das vezes e, em alguns momentos, sentimo-nos mais distantes, com mais desafios no seu cuidar, no que podemos fazer para o fazer brilhar, para que o brilho se espalhe por todos/as nós. Porquê? Porque a nossa vida (como a de todos os outros), é recheada de coisas, de escolhas, decisões que muitas vezes implicam outras áreas da nossa vida e eventos inesperados (mesmo na área amorosa).
Ainda assim, é a certeza do propósito que o criou: espalhar o Amor no mundo, que nos faz, diariamente, pensar na melhor forma de tornar o dia de quem nos segue, e o nosso próprio, mais amoroso.

Como no Amor, a escolha permanente de nos dedicarmos, partilharmos com alguém (mesmo que por vezes as circunstâncias e forças fujam da nossa “gestão”), é o que pode fazer a diferença no seu sucesso.
O facto de o fazermos a dois (no caso do Amor em Teoria, duas), faz com que nos dias mais desafiantes para uma ou outra, exista sempre alguém que segure o barco, que nos faça crescer mais fortes e com a certeza de que estamos cá para ficar e para fazer este Amor crescer. Esta história é-vos familiar? 🙂

A magia de compreendermos que nem sempre podemos estar todos no leme do barco, com a mesma garra e energia, permite-nos trabalhar a nossa vulnerabilidade e assumir: hoje estou sem energia de decidir ou contribuir, assumes sozinh@ o leme, por umas horas (com a certeza de que o nosso amor continua lá, apenas um pouco escondido…)? Mesmo quando sentimos o coração “em água”, procuramos utilizá-la como um refrescante para a alma e para nos ajudar a perceber que mesmo tapados por ela, a sua textura é fresca, límpida e transparente. Que provavelmente só lá está para nos mostrar como vale a pena estar lá, para sair e poder, depois, aquecer ao sol… 🙂

“Os muros existem por um motivo. Dão-nos a oportunidade de mostrarmos até que ponto desejamos alguma coisa.”

Randy Pausch

É com a energia de cada uma e o impacto que sentimos que o Blogue tem nos nossos amorosos seguidores que nos tornamos mais fortes e que alimentamos permanentemente a vontade de o ver crescer. E não é assim em tudo na nossa vida? O empenho, a entrega, a escolha permanente de querer estar cá, faz com que os dias em que sentimos que não sabemos muito bem como o fazer, sejam poucos e que encontremos sempre novas formas de querermos mais.

Somos extremamente gratas a quem nos vai seguindo (aqui e no facebook) e dando palavras permanentes de motivação, sugestões de temas, partilha de conteúdos, com a energia de quem acredita mesmo que o mundo pode ser bem mais doce e carinhoso. A todos estes, um beijinho amoroso! ❤

Que todos os dias sejam dias de amor (mesmo que não o estejas a “ver”). ❤
O Amor em Teoria no Facebook 

 [BC] & [MJL]
Advertisement

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s